segunda-feira, 14 de julho de 2014

quinta-feira, 10 de julho de 2014

BILBOQUÊ - Do Livro "Origem dos Brinquedos"

Organizado pela escritora Kacianni Ferreira, o Livro Origem dos Brinquedos será publicado pelo Catarse, site de financiamento coletivo, se tiver o seu patrocínio. Se você gostar dessa temática e quiser ter um exemplar do livro “Origem dos Brinquedos”, apoie este projeto. Acesse o site, veja o vídeo e financie. Cada apoio tem uma recompensa. Sua participação é muito importante. A autora agradece, desde já, a todos que contribuírem. Acesse o link e saiba mais: http://catarse.me/pt/origemdosbrinquedos
O bilboquê é um brinquedo muito antigo, encontrado em diferentes países, como Japão, México, Estados Unidos e França, com pequenas variações em sua forma. Até hoje ninguém descobriu quem o inventou nem quando apareceu. Pinturas de artistas europeus indicam que o brinquedo era jogado pelos reis e pelos nobres e muito possivelmente também pelas pessoas comuns, nas ruas. Sabe-se que no fim do século XVI ele era conhecido e vendido na França. O bilboquê é uma bola de madeira com um furo, presa por um cordão e um bastão pontudo, onde ela deve ser encaixada. É também conhecido por emboca-bola. Segundo pesquisadores, bilboquê é uma palavra de origem francesa, tendo relação com a palavra bille, que tanto pode ser traduzida como "pequeno bastão", como por "bolinha-de-gude”, e aparece em textos desde 1534. Na França, o bilboquê era um dos brinquedos favoritos do rei Henrique III (1555-1589) e esteve em moda na Corte de Luís XIV (1638-1715). No Japão, recebe o nome de kendama e em diversos países latino-americanos, recebe o nome de balero.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Livro Origem dos Brinquedos - aguardando patrocínio no Site Catarse

Estou querendo publicar meu novo livro Origem dos Brinquedos pelo Catarse, site de financiamento coletivo. Os apoios vão de R$ 20 a R$ 2.000. Vejam, leiam as recompensas, divulguem e se quiserem, financiem. Para receber o livro em outubro, o patrocínio mínimo é de R$ 45,00. O livro Origem dos Brinquedos conta a origem e curiosidades de 63 brinquedos. É uma ferramenta valiosa e um verdadeiro deleite para pesquisadores e educadores, bem como para crianças de todas as idades. Apoie este projeto através do Catarse, site coletivo de patrocínio. Entre no link abaixo e saiba mais. http://catarse.me/pt/origemdosbrinquedos O livro só sairá se tiver o patrocínio antecipado de R$ 20,00 a 2000,00 até 14 de agosto/2014. Abra o link, veja o vídeo e leia as recompensas para quem patrocinar. Agradeço o apoio e divulgação. http://catarse.me/pt/origemdosbrinquedos

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Vuvuzela com material reciclável

Idealização: Kacianni Ferreira Material: rolinho de papel higiênico, um pedaço pequeno de saco plástico, uma liga, tinta guache e pincel. Confecção: pinte o rolinho com as cores de sua preferência. Em seguida, corte um pequeno pedaço de saco plástico fino (9 x 9 cm) e coloque por cima de um dos lados do rolinho. Agora, coloque a liga e dê duas voltas para fixar bem o saquinho plástico, de forma que este fique reto e liso (ver foto). Por fim, é só grudar (encostar colando) a boca no lado do saquinho plástico, gritar vuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu... e fazer aquele barulho... A animação é garantida... Outra opção é utilizar um gargalo de garrafa pet, substituindo o rolinho de papel higiênico, seguindo o mesmo passo-a-passo. A pintura é opcional.
A vuvuzela ou cornetão é um aerofone cilíndrico com mais ou menos um metro de comprimento, utilizada por torcedores em jogos de futebol. No sul da África, principalmente em Moçambique, é conhecida como xipalapala. As vuvuzelas ficaram mais conhecidas na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, para comemorar os gols durantes as partidas. A origem do nome é controversa. Pode provir do Zulu "fazer barulho", de "vuvu" som que faz, ou de gírias locais relacionadas à palavra para "chuveiro". A origem da vuvuzela tem raízes nos berrantes originários de tribos ancestrais sul-africanas e servia para convocar reuniões. A vuvuzela de plástico tornou-se popular na África do Sul, na década de 1990. Fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Vuvuzela

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Livro Brincadeiras e Brinquedos - Ed. Vozes

A cada dia, a preservação do meio ambiente é mais urgente e imprescindível. Partindo desse pressuposto, o referido livro pretende aliar, de forma lúdica e prazerosa, a consciência ecológica à confecção de brinquedos, instrumentos musicais percussivos, jogos e peças utilitárias com material reciclável, além de cantigas de roda, dinâmicas e brincadeiras. Você encontra este livro nas principais livrarias de todo o Brasil. Se preferir, peça através do site da Editora Vozes ou com a autora através do email: kacianni@hotmail.com Valor: R$ 20,00 (sem frete). Excelente sugestão para presentear amigos e colegas de trabalho professores, pais, mães, tios e tias, avôs e avós, e muitas outras pessoas interssadas nas temáticas da obra.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Mala Mágica com caixa de DVD

Esta mala mágica pode ser feita com uma caixa de DVD. Cubra-a com papéis de presentes coloridos. Em seguida, coloque uns 20 brinquedos pequenos dentro da caixa e faça brincadeiras e/ou contação de histórias dos brinquedos. As crianças vão se apaixonar por você e, claro, pela mala mágica. Obs: como pesquiso e trabalho com os brinquedos utilizei esta temática para realizar atividades lúdicas com as crianças, em sala de aula e em outros ambientes. Fique a vontade para utilizar a mala mágica para atividades relacionadas com esta e/ou outras temáticas. Reinvente, recrie, plante curiosidades nas crianças. Leve sabor e alegria ao seu saber.

domingo, 2 de março de 2014

Máscara de papelão para carnaval

Faça fácil com as crianças em casa. Esta máscara pode ser feita com restos de papelão, tinta guache, pincel ou cotonete, jornal, um pedaço de barbante e tesoura. Fure a máscara com perfurador ou com a ponta da tesoura. Depois, é só diversão.