domingo, 14 de dezembro de 2014

Universidade do Brinquedo - UNIBRINQUE

A palavra Universidade vem do Latim Universitas. Significa "Universalidade, o todo, e ainda o Universo, o conjunto das coisas." UNIVERSIDADE é a junção de UNIVERSO e DIVERSIDADE. Então, a Unibrinque é um universo de diversidades, relacionado ao brinquedo, as brincadeiras, ao faz de conta, ao brincar. Se você tem interesse nas temáticas: brinquedos, brincadeiras, faz de conta, contação de histórias, musicalização, entre outras, cadastre-se gratuitamente na Universidade do Brinquedo e saiba o que será oferecido. Espero por você! http://unibrinque.klickpages.com.br/unibrinque-3

Universidade do Brinquedo - UNIBRINQUE

A UNIBRINQUE é uma Universidade on line que oferece cursos, workshops, oficinas, palestras e formação docente a instituições de ensino, professores e demais pessoas interessadas nas temáticas: brinquedos, brincadeiras, faz de conta, contação de histórias, musicalização, entre outras. Os cursos são oferecidos no formato on line e presencial. Para saber mais, cadastre-se gratuitamente através do link http://unibrinque.klickpages.com.br/unibrinque-3

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Envie seu email para receber novidades

Se você tem interesse em receber novidades sobre cursos, oficinas, palestras e livros com as temáticas brinquedos, brincadeiras e contação de histórias envie seu email para: kaciannif@yahoo.com.br

domingo, 28 de setembro de 2014

Livro Origem dos Brinquedos

O livro Origem dos Brinquedos é um excelente registro cultural de 70 brinquedos, entre artesanais e industrializados (nenhum eletrônico). Ferramenta valiosa e um verdadeiro deleite para educadores, bem como para crianças de todas as idades. A autora dividiu a obra em três partes. Na primeira, discorre sobre a origem e história de 70 brinquedos, entre artesanais e industrializados (nenhum eletrônico). Na segunda, traz informações sobre os museus de brinquedos do Brasil e de outros países. Na terceira, cita algumas das principais fábricas de brinquedos brasileiras e os melhores filmes relacionados ao tema. Formato: A4, páginas com imagens coloridas dos 70 brinquedos, papel couché 115g. Valor: R$ 67,00 (livro impresso). Quem tiver interesse, entrar em contato através do email: kacianni@hotmail.com

segunda-feira, 14 de julho de 2014

quinta-feira, 10 de julho de 2014

BILBOQUÊ - Do Livro "Origem dos Brinquedos"

Organizado pela escritora Kacianni Ferreira, o Livro Origem dos Brinquedos será publicado pelo Catarse, site de financiamento coletivo, se tiver o seu patrocínio. Se você gostar dessa temática e quiser ter um exemplar do livro “Origem dos Brinquedos”, apoie este projeto. Acesse o site, veja o vídeo e financie. Cada apoio tem uma recompensa. Sua participação é muito importante. A autora agradece, desde já, a todos que contribuírem. Acesse o link e saiba mais: http://catarse.me/pt/origemdosbrinquedos
O bilboquê é um brinquedo muito antigo, encontrado em diferentes países, como Japão, México, Estados Unidos e França, com pequenas variações em sua forma. Até hoje ninguém descobriu quem o inventou nem quando apareceu. Pinturas de artistas europeus indicam que o brinquedo era jogado pelos reis e pelos nobres e muito possivelmente também pelas pessoas comuns, nas ruas. Sabe-se que no fim do século XVI ele era conhecido e vendido na França. O bilboquê é uma bola de madeira com um furo, presa por um cordão e um bastão pontudo, onde ela deve ser encaixada. É também conhecido por emboca-bola. Segundo pesquisadores, bilboquê é uma palavra de origem francesa, tendo relação com a palavra bille, que tanto pode ser traduzida como "pequeno bastão", como por "bolinha-de-gude”, e aparece em textos desde 1534. Na França, o bilboquê era um dos brinquedos favoritos do rei Henrique III (1555-1589) e esteve em moda na Corte de Luís XIV (1638-1715). No Japão, recebe o nome de kendama e em diversos países latino-americanos, recebe o nome de balero.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Vuvuzela com material reciclável

Idealização: Kacianni Ferreira Material: rolinho de papel higiênico, um pedaço pequeno de saco plástico, uma liga, tinta guache e pincel. Confecção: pinte o rolinho com as cores de sua preferência. Em seguida, corte um pequeno pedaço de saco plástico fino (9 x 9 cm) e coloque por cima de um dos lados do rolinho. Agora, coloque a liga e dê duas voltas para fixar bem o saquinho plástico, de forma que este fique reto e liso (ver foto). Por fim, é só grudar (encostar colando) a boca no lado do saquinho plástico, gritar vuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu... e fazer aquele barulho... A animação é garantida... Outra opção é utilizar um gargalo de garrafa pet, substituindo o rolinho de papel higiênico, seguindo o mesmo passo-a-passo. A pintura é opcional.
A vuvuzela ou cornetão é um aerofone cilíndrico com mais ou menos um metro de comprimento, utilizada por torcedores em jogos de futebol. No sul da África, principalmente em Moçambique, é conhecida como xipalapala. As vuvuzelas ficaram mais conhecidas na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, para comemorar os gols durantes as partidas. A origem do nome é controversa. Pode provir do Zulu "fazer barulho", de "vuvu" som que faz, ou de gírias locais relacionadas à palavra para "chuveiro". A origem da vuvuzela tem raízes nos berrantes originários de tribos ancestrais sul-africanas e servia para convocar reuniões. A vuvuzela de plástico tornou-se popular na África do Sul, na década de 1990. Fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Vuvuzela